quarta-feira, 11 de maio de 2011

WWF em Brasília


Manifestação alerta sobre riscos de mudar Código Florestal
11 Maio 2011

© Luiz Fernandes
O objetivo da ação foi de alertar a sociedade brasileira para a importância das áreas de preservação permanentes (APPs) e da reserva legal para a conservação da biodiversidade e dos recursos hídricos.
Por Bruno Taitson

O WWF-Brasil ergueu na manhã desta quarta-feira (11/05), em frente ao Congresso Nacional, um filtro inflável acompanhado de faixas pedindo mudanças no substitutivo ao Código Florestal, com os dizeres “Cuidar das florestas é água boa no campo e na cidade”. O objetivo da ação foi de alertar a sociedade brasileira para a importância das áreas de preservação permanentes (APPs) e da reserva legal para a conservação da biodiversidade e dos recursos hídricos, fundamentais para a manutenção das atividades agrícolas.

Os deputados ruralistas tentam colocar o substitutivo que altera o Código ainda nesta quarta. Entretanto, o texto sofreu inúmeras mudanças e, surpreendentemente, não havia sido disponibilizado para os parlamentares até o meio-dia da data da votação da matéria.

Segundo a ex-senadora Marina Silva, é essencial que a votação do substitutivo seja adiada, até que o texto seja debatido de forma adequada pela sociedade brasileira. “Acho precipitada esta votação extemporânea. Ninguém conhece o texto. A responsabilidade que temos com as florestas brasileiras e os compromissos internacionais de reduzir as emissões de gases de efeito estufa do país podem ficar seriamente comprometidos se tivermos um retrocesso na legislação que protege as florestas”, avaliou Marina Silva. 

De acordo com Carlos Alberto de Mattos Scaramuzza, superintendente de conservação do WWF-Brasil, as modificações realizadas no texto original do substitutivo, além de não contemplarem importantes questões ambientais e de interesse da agricultura familiar, contêm uma série de brechas, excepcionalidades que impossibilitariam sua aplicação. “Ainda há tempo para o deputado Aldo Rebelo e o presidente da Câmara, deputado Marco Maia, evitarem o desastre iminente que essas mudanças no Código Florestal gerariam”, concluiu Scaramuzza.
Comentários
Ageu Bruce
May 11, 2011 - 20:48
Sou estudante de ECOLOGIA (UFRN) e concordo com a manifestação realizada pela WWF Brasil, há tantos pontos polêmicos como a recomposição da reserva legal e da vegetação ao redor dos rios considerados pequenos e muitos outros. Espero que o Meio Ambiente seja o beneficiado no final de tudo.
Mauro Toscano
May 11, 2011 - 19:34
Caso a proposta em questão seja aprovada, o ainda poderemos fazer para evitar este abuso?
Gabriel Rosa
May 11, 2011 - 19:09
Que o novo código possa favorecer a grande maioria, e não um bando de interesses isolados, não podemos deixar que esse assunto vire pizza.Estamos de olho Brasil.
Sthefany Falco
May 11, 2011 - 18:31
Olá, sou acadêmica de Engenharia Ambiental (UEMS), e concordo plenamente com o adiamento da votação até que o texto esteja em mãos dos parlamentares, para que a própria população saiba de fato de todas as mudanças proposta. Parabens aos manifestantes!
Fontehttp://www.wwf.org.br/

2 comentários:

  1. Olá colega, aqui estou.Parabéns,seu BLOG é belíssimo.Vale a pena passar horas e horas lendo os textos,E eu amo ler sobre tudo,para estar sempre informada,Adorei seu blog.Conte comigo para trocar figurinhas,
    Ivanete,Paulo Jacinto -Terra da Festa da Chita

    ResponderExcluir
  2. Prezada Ivanete,
    Olá!
    Muito bom poder "ouvir" seus comentários referentes aos assuntos voltados para a Ecopedagogia...vamos divulgá-los nos espaços de convivência social, e assim democratizarmos saberes e formas de se preservar o planeta TERRA...
    Conto com seu apoio ok?..
    Tenha uma ótima semana na paz de DEUS!
    Abraços verdes!
    Luciana Ribeiro

    ResponderExcluir