quarta-feira, 8 de junho de 2011

Educação Ambiental como disciplina obrigatória/ Como implementá-la de fato?..Por Luciana Ribeiro

Laércio Oliveira quer educação ambiental como disciplina obrigatória

Imagem que fora acrescentada: Google

O deputado federal Laércio Oliveira apresentou um projeto de lei 876/2011 que institui a educação ambiental como disciplina que deverá ser específica nos currículos do ensino fundamental e médio.

O deputado federal Laércio Oliveira apresentou um projeto de lei 876/2011 que institui a educação ambiental como disciplina que deverá ser específica nos currículos do ensino fundamental e médio. A proposta altera o § 1º do Art. 10, da Lei 9.795, de 27 de abril de 1999, que dispõe sobre educação ambiental.
Na justificação do projeto, o parlamentar afirma que a mídia mostra uma série de catástrofes como enchentes, aquecimento global, efeito estufa, seca exacerbada, queda de morros, péssima qualidade do ar e que tudo isso é um reflexo da degradação do meio ambiente pelo próprio homem. “Medidas urgentes devem ser adotadas para que as próximas gerações não venham sofrer as conseqüências dramáticas causadas pelas ações mal planejadas pelas gerações atuais e estejam aptas para o uso consciente e equilibrado dos recursos naturais”, diz.
Segundo definição contida no artigo 1º da Lei 9795/99 que dispõe sobre a educação ambiental e instituiu a Política Nacional de Educação Ambiental: “Entendem-se por educação ambiental os processos por meio dos quais o indivíduo e a coletividade constroem valores sociais, conhecimentos, habilidades, atitudes e competências voltadas para a conservação do meio ambiente, bem de uso comum do povo, essencial à sadia qualidade de vida e sua sustentabilidade”.
Laércio Oliveira afirma ainda que a inserção da educação ambiental como disciplina obrigatória nos currículos escolares dos ensinos fundamental e médio promove a conscientização e mobilização o público jovem, “que constitui uma parcela significativa da população, como agentes multiplicadores para discussão e disseminação da necessidade de preservação do meio ambiente, através do uso consciente de todos os recursos disponíveis”.
Fonte:http://www.laerciooliveira.com.br/

Opinião/Luciana Ribeiro: De fato, as gerações futuras necessitam de amparo proveniente de ações socioambientais, que sejam implementadas por meio da EDUCAÇÃO AMBIENTAL nas escolas. Portanto, deve ser analisado junto aos governos(MEC/outros) diretores, professores, e toda comunidade escolar, quais às providências pedagógicas para vislumbrarem todos os problemas ambientais (desmatamentos de áreas verdes/lixos/poluições no geral etc) para serem debatidos e assim divididos dentro e fora do contexto escolar.
  Segundo algumas pesquisas acadêmicas, a "educação  política", ainda não fluiu devido sua complexidade, ou seja por se tratar de vários assuntos ,e assim passarem desapercebidos por educadores(seja por questão de tempo ou formação); Por exemplo:  como organizar a coleta seletiva do lixo / uma horta escolar e outras atividades e projetos que carecem de compreensão e solução específicas, principalmente às sugeridas por especialistas da área(por que não solicitarmos uma monitoria especial,  para os  professores da Rede pública e privada?..)
Vamos debater educação ambiental e sua implementação na escola?..
Conto com sua opinião no meu blog?..
Atenciosamente/Luciana Ribeiro

3 comentários:

  1. Olá sou aluno do curso de licenciatura em Biologia e me interesso muito pelo tema e pretendo fazer minha monografia de final de curso com essa temática. Devemos iniciar a conscientização da população mais cedo, pois o inicio das conversar sobre ecologia demora muito a surgir no contexto escolar, deixando os alunos muito tempo sem essa "consciência". Eu sou totalmente a favor dessa lei e espero que realmente de certo, e não podemos esquecer-nos da qualificação dos professores, como foi dito acima, pois só assim teremos uma qualidade efetiva da disciplina.

    ResponderExcluir
  2. Prezado Leandro,
    Olá!
    Obrigada por sua participação o meu blog!..
    Concordo em gênero, número e grau...assuntos sobre educação ambiental, de fato demoram para ser implementados no contexto escolar...muitas vezes por descaso,desconhecimento...enfim, por falta de estímulo dos governamentes responsáveis por disseminar e democratizar infomações relevantes e formas de se trabalhar...
    Apesar de tudo, não podemos desistir de debater e divulgar tais ideias ,que enobrecem o meio ambiente,nossa fonte de vida...
    Abraços verdes e fique à vontade para compartilhar boas sugestões!!
    Atenciosamente/Luciana Ribeiro

    ResponderExcluir
  3. Embora os PCNs abordam o meio ambiente como tema transversal, ou seja, deve-se ser aplicado na interdisciplinaridade , percebemos que na prática não há um foco para educação ambiental de uma forma continua.Tenho acompanhado nas escolas que leciono, que a educação ambiental é algo secundário e com pouca abordagem.Talvez, instituir a ecopedagogia ou educação ambiental como disciplina , torne -se uma prática continua, e assim tenhamos um efeito positivo acerca da conscientização da sociedade.

    ResponderExcluir