segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Tio Marcelo - Música - No meu quintal/Agricultura Familiar





Música/ No meu quintal: ouça  aqui /
 
SOBRE A MÚSICA QUINTA
 
Por Tio Marcelo
 
O ano de 2014 foi definido pela ONU como Ano Internacional da Agricultura Familiar. Assim como em 2013, como fizemos no caso da canção Água, criada por conta do tema daquele ano (Ano Internacional da Cooperação pela Água), resolvi criar uma canção em parceria com minha esposa Marissa de Britto. Agora com um motivo especial: quando novo, apesar de criado na cidade e essencialmente urbano, meus pais compraram um pequeno sítio em Mauá, na estrada Rio-Magé, onde passávamos os fins de semana. 
 
Era um sítio extremamente simples: para dormir, tínhamos uma meia-água, construção simples feita de sapê, e o resto do terreno era coberto por culturas como aipim, alface e batata. Como criança, foi uma época de muitas memórias, correndo entre os pés crescidos das plantações e ajudando a colhê-los. Tentei resumir nesta canção este sentimento: não importa o tamanho do terreno, se é uma fazendo, um sítio ou uma pequena horta; para a criança, tudo será apenas um quintal. O quintal dela.
 
No meu quintal
Tem alface, tem tomate, cebola e agrião
Tem couve flor e tem pimenta
Tem cebolinha que eu plantei no chão
 
No meu quintal tem tanta coisa
Que o meu pai plantou e minha mãe quem cuida
E eu que sou pequenininho, também faço força para ajudar
Saio de manhã cedinho, bem antes do galo cantar
Tudo o que a gente planta, come
E quando eu volto pra casa, o cheiro eu sinto de longe
Minha mãe está na cozinha, na mesa a comida quentinha está
Verduras, legumes fresquinhos
Tudo o que um dia ajudei a plantar
 
No meu quintal
Tem alface, tem tomate, cebola e agrião
Tem couve flor e tem pimenta 
Tem cebolinha que eu plantei no chão
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário